03/04/15

o que é "descobridores"

Um espetáculo que nasce de dentro...
Criação, uma visão pessoal
Porquê descobridores, porque sim!
Porque acredito na formação de públicos, porque acredito nas capacidades e competências dos espectadores.
Porque fui mãe, porque sou mãe, porque não vivo sem criar. Porque o que me rodeia me inspira.
Porque me fascina criar para o jovem público. Porque me delicia a sua reacção, o seu olhar a sua espontaneidade.
Porque a minha técnica de trabalho por vezes está tão próxima do brincar, no símbolo, no objecto no lidar com a realidade.
Por tudo isto e muito mais, faz muito sentido ir à descoberta!

O Universo Plástico
Interessava-me trabalhar o tecido neste projecto, porque o tecido é confortável, porque me lembra as bonecas de pano e os fantoches, porque é uma matéria diversa e múltipla nas texturas, cores possibilidades e potencialidades.
Conheci a artesã Vânia Kosta e senti que havia no seu universo criativo todas as características que me conduziam a esta exploração.

Esta ideia germinava à medida que a minha barriga ia crescendo.

Criação Teatro de Marionetas "descobridores"

Estamos em criação para o novo espetáculo
"descobridores"
Um espectáculo para bebés

Existem momentos de partilha e atenção, momentos de criação de laços e afetos. Existem momentos de descoberta, de olhares de aprendizagens. Esses momentos são nossos e todo o mundo por momentos parece abrandar. Vamos à descoberta de novos sons, novos ritmos, um novo tempo, um novo eu.


Quando os portugueses se aventuraram à descoberta atravessando os mares, encontraram terras maravilhosas e povos extraordinários que lhes eram estranhos, com seres,com cores, com hábitos, culturas e cheiros distintos.
Serve este preambulo para dar início à construção do espectáculo. O nascimento e os primeiros meses e anos de vida são de constante descoberta, um encontro com seres, hábitos, cheiros sempre novos.
Este espectáculo é uma viagem de sensações numa nova terra cheia esperanças, sons, imagens onde todos os dias são uma constante descoberta.
Em 2004 foi criado o primeiro espectáculo para crianças de tenra idade, uma experiência que se foi desenvolvendo e amadurecendo no contacto direto com o público. Ao longo de quase 10 anos esta criação esteve junto das crianças e criaram-se alianças, laços e acima de tudo aprendizagens.
Agora quase 10 anos passados voltamos a olhar para a criação para bebés. Quando começa a sensibilidade artística? Na nossa opinião, desde o nascimento…
“descobridores” é um espectáculo de partilha, olhando o mar imaginamos as descobertas, os homens que chegaram aos Açores, ao Brasil, à India e pensamos nas cores, nos cheiros, nos sons, nas criaturas, nas novas sensações que os terão percorrido. Imaginamos que ao nascer, todos os dias, todos os momentos, são momentos de descoberta, onde cada sensação vai deixando uma leve impressão, uma leve marca na nossa forma de ser, de crescer.

Chegam pelo mar os descobridores, pela praia começam a descoberta, os pássaros voam e os animais recebem-nos, por entre as árvores os homens parecem querer descobrir quem se aproxima, corre a água para o mar, os barcos descem e sobem o rio, os homens dançam, plantam a terra, o galo canta, na montanha faz frio, e no cimo da montanha anoitece com o brilho das estrelas.