06/04/11

Dia de Moinhos - 7 e 10 de Abril

No próximo dia 10 de Abril, no âmbito do Dia Nacional dos Moinhos que se assinala a 7 de Abril, terá lugar pelo quinto ano consecutivo o Dia dos Moinhos Abertos de Portugal, organização da Rede Portuguesa de Moinhos.
Pretende-se mais uma vez chamar a atenção dos Portugueses para o inestimável valor patrimonial dos nossos moinhos tradicionais, de forma a motivar e coordenar vontades e esforços de proprietários, moleiros, organizações associativas, autarquias locais, museus, investigadores, molinólogos, entusiastas, amigos dos moinhos e população em geral. Esta iniciativa contará com grande divulgação e participação a nível nacional, pelo que nesse dia estarão abertos mais de uma centena de moinhos em todo o país.
Nesse sentido, no dia 10 de Abril, a equipa de projecto da Companhia de Teatro e Marionetas de Mandrágora efectuará uma visita aos moinhos giratórios tipo gandarez da freguesia de Bom Sucesso, concelho da Figueira da Foz, a fim de conhecerem este tipo de moinho que será a cenografia principal de peça "Casa dos Ventos", em fase de criação e a estrear a 19 de Novembro.
O início da visita está previsto para as 15:00 horas, englobando o moinho da Junta de Freguesia e o moinho de Morros, este último com a colaboração do seu proprietário Sr. Licínio Andrade. Caso as condições atmosféricas o permitam (vento), durante a visita os dois moinhos estarão em actividade (moagem). Após a visita aos moinhos, terá lugar uma reunião de trabalho da equipa de projecto da Companhia de Teatro Marionetas de Mandrágora, a qual terá lugar em instalações a disponibilizar pela Junta de Freguesia local. Fim da visita e actividades prevista para as 18:00 horas.

Esta visita tem o apoio da Junta de Freguesia do Bom Sucesso e da Rede Portuguesa de Moinhos, sendo que durante a mesma os moinhos também estarão abertos ao público em geral.
Armando Carvalho Ferreira

Rede Portuguesa de Moinhos

Filipa Mesquita

Teatro e Marionetas de Mandrágora

05/04/11

Mãos de sal em ensaios!

Mesmo em Frente ao FACE, em Espinho, local onde estamos sediados, está a praia. Todos os dias chegam os barcos e é grande a azafama, na compra e venda de peixe.
Durante alguns dias tivemos a oportunidade de falar com os pescadores, gente de mãos agrestes e grande vontade de falar da sua dura vidade de viver de e para o mar.

TIdalia uma das mulheres vareiras de Espinho, que gentilmente falou conosco da sua vida de e para o mar.

Manhã em espinho

Manhã em Espinho

Manhã em Espinho

Cartaz do espectáculo - criação enVide neFelibata





































Não percam todo o processo em http://www.maosdesal.marionetasmandragora.com/
Uma criação para os serviços educativos de Clara Ribeiro